Camponeses de Itoculo aderem o uso de pesticidas naturais para preservar os seus cultivos

  • Home
  • Camponeses de Itoculo aderem o uso de pesticidas naturais para preservar os seus cultivos

Camponeses de Itoculo aderem o uso de pesticidas naturais para preservar os seus cultivos

  • 22/01/2021
  • By Admin: Cáritas – Desenvolvimento e Ajuda Fraterna
  • Comments: 00

No ano 2020, os grupos de camponeses acompanhados por Cáritas Diocesana de Nacala em Itoculo, aderiram o uso de pesticidas naturais. Após várias formações e acompanhamento técnico, os membros têm começado a fabricar seus próprios pesticidas e a aplica-los nas suas machambas.

Os pesticidas são feitos com base de sabão, à que se acrescentam alho ou piri-piri. Uma vez cozinhada a mistura, deixa-se repousar, para posteriormente pulverizar sobre as plantas.

Ingredientes do pesticida de alho e sabão

Segundo a técnica agrária de Cáritas, Igelda Fernando, o uso de pesticidas orgânicos traz imensas vantagens para os agricultores já que podem ser adquiridos localmente a baixo custo; não criam dependência no solo e não são prejudiciais para a saúde humana (produtor ou consumidor) nem para o meio ambiente.

A técnica apontou também que “nós (Cáritas) não obrigamos aos camponeses a não usarem os pesticidas químicos, mas eles próprios, após as formações e comparando os custos de compra, acabam por aderir os novos métodos, entendendo que no fim do dia, sai em conta”.

A Cáritas Diocesana de Nacala, tem apostado nas suas intervenções pelo desenvolvimento da agricultura biológica assim como na aplicação de técnicas sustentáveis, evitando práticas com alto impacto ambiental como as “queimadas descontroladas” e o corte indiscriminado de árvores.

Esta intervenção faz parte do projeto Segurança alimentar e sanitária às comunidades rurais da Diocese de Nacala, implementado pela Caritas Diocesana de Nacala e financiado pela Agência Católica de Desenvolvimento Internacional (CAFOD).

 

Leave Comments