Toda a Minha Vida Para a Missão – 50 Anos da Chegada de Ir. Linda Mantovan a Moçambique

  • Home
  • Toda a Minha Vida Para a Missão – 50 Anos da Chegada de Ir. Linda Mantovan a Moçambique

Toda a Minha Vida Para a Missão – 50 Anos da Chegada de Ir. Linda Mantovan a Moçambique

  • 03/05/2021
  • By Admin: Diocese de Nacala
  • Comments: 00

Toda a Minha Vida Para a Missão – 50 Anos da Chegada de Ir. Linda Mantovan a Moçambique

A comunidade das irmãs Missionarias Combonianas, e alunas internas do Instituto Politécnico Feminino de Nacala, na Eucaristia, presidida por Dom Alberto Vera, Bispo da Diocese de Nacala, agradeceram a Deus pelos 50 anos da chegada de ir. Linda Mantovan em Moçambique.

Irmã Linda, que prometera em 1969 em Verona – Itália, doar a sua vida a Deus, no serviço aos irmãos e irmãs africanos, após 50 anos de vida junto ao povo Moçambicano, certifica com alegria, na missa realizada o domingo 2 de Maio, que Deus faz maravilhas, em quem n’Ele confia.

Junto a outras três irmãs Combonianas, ir. Linda, chegou na Beira, Moçambique ao 3 de Maio de 1971, prestou o seu serviço na saúde, na pastoral, na construção e manutenção de várias missões e instituições da Diocese de Nacala: Mueria, Cavá, Alua, Namahaca, Carapira, Nacala e Balama, na Diocese de Pemba, Cabo Delgado. Desde que pôs os pés em terra africana, colocou-se ao serviço da Igreja e do povo, para testemunhar o amor de Deus Pai. Passou momentos difíceis, sobretudo no tempo de guerra civil onde foi atacada e sofreu em carne própria, compartilho com a gente, muitos momentos de dor, de angústia, mas sobretudo de alegria e de esperança, como ela disse: é só Deus que me acompanhou e me deu força, precisa estar com Ele.

Daniel Comboni dizia: “se eu tivesse mil vidas, todas as doaria á missão” esse também é o desejo de ir. Linda, filha de Comboni; quando quer ajudar mais, e as pessoas e forças são poucas; sobretudo em tempos de guerra, quando não parou de trabalhar e se sacrificar; curando, transportando, e defendendo doentes. Uma vida de entrega generosa, destemida, e sincera, é a sua maneira de dar a conhecer a Jesus, Quem a enviou a estas terras, e por Quem ela continua firme, com menos forças, mas sempre pronta a dar uma mão.

Leave Comments